segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Leitura e compreensão textual

Lukas, o menino verde!

 Leia.
 Texto I
Lukas, o menino verde!

          Esta história aconteceu em minha escola. Meu nome é Mariana, tenho 12 anos, sou loira, olhos verdes, sou muito popular na escola e no bairro onde moro!
          Tudo começou em uma manhã de inverno, há dois anos atrás. 8:00h, o sinal da escola, fila dos alunos, a professora, mas, de repente eis que vejo, no final da fila, um aluno novo. Fiquei muito curiosa, pois este aluno estava com um casaco enorme e de capuz. Não conseguia vê-lo!
          Na escola, tudo transcorria normalmente, a mesma rotina, menos é claro, pela chegada do aluno novo. Seu nome, Lukas! A professora o apresentou à classe e disse que o aluno estava vindo de outro estado. “ __ Seja bem vindo Lukas!”
          Mas, não foi tão bem recebido assim, logo algumas crianças perceberam que a pele do garoto possuía um tom... Verde! “__Isso não é normal, isso é diferente! Ele é diferente!” E, logo surgiram os apelidos: Hulk, limãozinho do agreste, chuchu, Lanterna verde, Tartaruga Ninja...
          Agora eu entendia toda aquela roupa, ele simplesmente se escondia, se escondia de nós, do mundo, se escondia dele mesmo! Agora os dias já não eram os mesmos, aquela rotina diária, modificada com a chegada de Lukas, o menino verde!
          Certo dia, eu e meus amigos, estávamos sentados no pátio do colégio, conversando, brincando. Foi quando, olhei e vi o Lukas, em um canto, sozinho... Fiquei com pena, logo pensei em ir conversar com ele, mas, não fui... Os outros alunos, foram, mas não para fazer amizade, estavam provocando-o, xingando. Só. Ele, o menino verde, se encolhia em seu mundinho e ali ficava. Eu percebi que a professora ao longe só observava.
          Com a chegada da primavera, as flores a desabrochar, já embelezam e perfumavam o ambiente. Hoje seria uma aula diferente! “__Uma aula perfumada”. Disse a professora!
E, foi...
A professora, cantou, narrou e conversou, sobre amizade, respeito, amor ao próximo. Também falou sobre, ódio, mágoa, dor, revolta. Ela chorou quando falou sobre a tristeza! Ela se alegrou quando falou sobre o amor! E nos perguntou:
___ Vocês são iguais?
Começamos a nos olhar.
___ Não, não somos iguais!
Entendemos que somos todos diferentes! E todos os alunos procuravam com o olhar, o menino verde! Nesse dia, ele não estava presente!
A professora continuou e disse: “... Somos diferentes, porém, essas diferenças são que nos fazem especiais, nos fazem únicos!
Comecei a repensar minhas atitudes, meu jeito, minhas falas, o quanto devo ter magoado. Fiquei triste e pelo jeito meus amigos também, porque podia-se perceber no olhar deles um brilho diferente, um diferente especial! E, um perfume diferente pairava no ar, o perfume da compreensão, do amor...
De repente, a professora interrompeu nossos pensamentos:
___ Classe, hoje nosso amigo, o Lukas, precisou ir para o hospital, ele não passou muito bem esta manhã.
Foi então que a professora relatou que o Lukas estava passando por um momento delicado em sua vida, uma doença no fígado. E, era por isso que sua pele tinha aquele tom, um pouco verde, amarelada.
Ficamos tristes, mas torcendo por sua recuperação! Gostaria de ter ido visitá-lo, porém não podíamos, então, escrevíamos cartas e mais cartas para ele. “Lukas, melhore logo! Estamos esperando por você”.
E em cada carta, um pedido de desculpas!

Francischini. Débora Wanêssa. Professora/ Pedagoga/
Escola Municipal Dr. Cláudio de Almeida e Silva. Londrina. PR.
Compreensão textual: 

 1. O fato que gera o conflito na história é: 
(A) Mariana ser loira e ter olhos verdes.    
(B) Lukas ser um estudante.  
(C) Mariana discriminar Lukas. 
(D) Lukas possuir o tom de pele diferente.

  2. No trecho “...Comecei a repensar minhas atitudes.”, a palavra “repensar” tem o sentido de: 

(A) Reexaminar.                                             (B) Cobrar.
(C) Dialogar.                                                  (D) Conversar.


  3. “...Ele, o menino verde, se encolhia em seu mundinho e ali ficava...” Neste trecho, dá-se a entender que o menino
(A) Não ligava para o que acontecia.   
(B) Ficava desesperado e chorava.  
(C) Estava com frio, por isso se encolhia.   
(D) Se sentia triste e então se silenciava.

  4.  Qual é o tema central do texto? 
(A) A primavera, estação das flores.
(B) Se comportar na escola.
(C) Amizade.           
(D) Discriminação.

   Responda:

   5. Quem são os personagens principais? Quais suas características? 
R.____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

   6. Retire  do texto um trecho em que se percebe a presença do narrador como personagem: 
R.____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
  
   7. A professora provoca uma mudança de atitude nos alunos, que mudança é essa? 
R.____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
8. No trecho: 
 [...]“Lukas, melhore logo! Estamos esperando por você”. E em cada carta, um pedido de desculpas!
Pense e dê sua opinião. Se você fosse o Lukas, o que escreveria para os alunos?
R.____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

9. No texto, o menino se sente diferente dos outros, o que intensifica a solidão dele. Ser diferente dos demais gera solidão? Você já se sentiu excluído ou sozinho por ser diferente dos outros? Qual é sua opinião sobre isso? 
R.____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário