sábado, 13 de maio de 2017

Leitura e interpretação

1)    IDENTIFICAÇÃO
a)    Turma: 5º ano            
b)   Disciplinas envolvidas:
Língua-portuguesa
c)    Conteúdos:
Leitura e interpretação


2)    OBJETIVOS ESPECÍFICOS
*      Ler  com compreensão e autonomia;
*      Interpretar as questões;
*      Expressar-se por escrito com eficiência e de forma adequada a diferentes situações comunicativas.
*      Sensibilizar os alunos para características próprias da língua portuguesa, que são na maioria das vezes inconscientes para o falante.
*      Identificar a adequação do uso da língua escrita em veículos diferentes; 
*      Conhecer características discursivas e comunicativas desse gênero;
*      Refletir sobre a linguagem.
*      Criar desenhos acerca de um tema especifico.

3)    DESENVOLVIMENTO METODOLÓGICO:
1º momento
Leitura do texto “ O conselheiro” em silêncio; pedir-lhes que leiam para uma maior compreensão; Após, passar as atividades no quadro para que copiem e realizem.
Ler novamente o texto, agora com os alunos, respondendo as perguntas oralmente para que tirem dúvidas em relação ao estudo do texto.
 
RECURSOS DIDÁTICOS: Xerox; Quadro negro, materiais escolares diversos.
4)    AVALIAÇÃO:
Verificar a fluência na leitura, observar a participação dos alunos, bem como a resolução das atividades.





Apresentação do texto,  leitura e interpretação.

O CONSELHEIRO
    Contam que um certo lavrador possuía um burro que o repouso engordara e um boi que o trabalho abatera.
    Um dia, o boi queixou-se ao burro e perguntou-lhe :”Não terás, ó irmão, algum conselho que me salve desta dura labuta?” O burro respondeu: “ Finge-te de doente e não comas tua ração. Vendo-te assim, nosso amo não te levará para lavrar o campo e tu descansará”.
    Dizem que o lavrador entendia a linguagem dos animais, e compreendeu o diálogo entre o burro e o boi.
    Na manhã seguinte, viu que o boi não comera a sua ração: deixou-o e levou o burro em seu lugar. O burro foi obrigado a puxar o arado o dia todo, e quase morreu de cansaço. E lamentou o conselho que dera ao boi.
    Quando voltou à noite perguntou-lhe o boi: “Como vais, querido irmão?”. Vou muito bem, respondeu o burro. Mas ouvi algo que me fez estremecer por tua causa. Ouvi nosso amo dizer:” Se o boi continuar doente, deveremos matá-lo para não perdermos sua carne. Minha opinião é que tu comas tua ração e voltes para tua tarefa a fim de evitar tamanho infortúnio”.
    O boi concordou, e devorou imediatamente toda a sua ração.
    O lavrador estava ouvindo, e riu.
Do livro,As mil e umas noites, apud Mansour Chalita,As mais Belas Páginas da Literatura Árabe
.

Questão 01. Procurar no dicionário o significado das palavras abaixo e respondê-las no caderno

Vocabulário:
*      Lavrador:
*      Abatera:
*      Labuta:
*      Infortúnio:

1)     Quem é o conselheiro?
 (   x  ) o burro;             (     ) o lavrador;       (     ) o boi;               (     ) o pássaro

2)    Quem foi que pediu o conselho? O que motivou esse pedido?
 O boi, motivado pelo cansaço do trabalho

3)     O conselho surtiu o efeito desejado? Justifique sua resposta?
 Sim, pois no dia seguinte o boi não foi levado ao trabalho.

4)     Foi bom para o burro ter dado o conselho ao boi? Por quê?
 Não, pois teve que trabalhar no lugar do boi.

5)     Por quê o burro mudou seu conselho? Justifique.
Para convencer o boi a voltar a trabalhar.

6)     Qual é a principal características do burro, neste texto:
(     ) a maldade;             
(  x ) a esperteza;             
(     ) a bondade;             
(     ) a preguiça;

7)     Qual a característica do lavrador que mais chama a atenção?:
 (   x  ) a compreensão;               (     )a paciência                (     ) a esperteza;

Explique sua resposta:

Pois podia compreender a conversa dos animais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário